quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Esperando que seja você


"Ela já pediu tantas vezes pra não sentir nada
Já desejou tantas vezes não sofrer
E confessa, já desejou ser como esse mundo pede:
Fria e calculista
Mas não consegue ser
Palavras ainda são capazes de machucá-la
Algumas vezes impossível de esquecer
Gestos e atitudes deixam marcas profundas
E um muro vai sendo construído ao seu redor
Confiar vai ficando cada vez mais difícil
E ela vai mudando
Crescendo talvez
Aprendendo a não confiar em qualquer um
Aprendendo a só confiar em si mesma
Aprendendo a ser sozinha
Mas ainda existe uma menina escondida em seu interior que sonha
Vê um mundo diferente
E espera por alguém que a entenda e faça compreender o turbilhão de emoções que a envolve
Ela espera por esse alguém a tanto tempo
Esses dias a esperança aumentou
Junto com ela o medo
Pois ao encontrar alguém que sabe tudo sobre você
Sente-se totalmente desprotegia
E vulnerável
Tão exposta, que assusta saber que ele conhece seus pontos mais fracos
Saber que mesmo sem querer
Ele está tornando-se parte de você!"


"Seja para mim assim como quero ser para você!"

-----------------------------------------------------------------------------------------------


Contando os dias, os minutos e os segundos! =D
Beijos e obrigada gente, pelos lindos comentários!


=**

5 comentários:

Sonia Schmorantz disse...

A menina que mora em nosso coração nunca morre...
Um bonito poema!
beijo

EDUARDO POISL disse...

Lindíssimo poema, você escreve muito bem, parabéns.
Abraços

Keel Diniz disse...

Ounn.. que lindoo. vc q escreveu?!
Lindo mesmo!

Pequena Poetiza disse...

é preciso em algum momento nos permitir
por mais vulnerável que isso possa parecer a nós.

beijos

raai. disse...

se permitir é viver, ninguem vive bem trancafeado nos seus sonhos sonhos sem realiza-los ;D ;*