segunda-feira, 23 de maio de 2011

Reencontro

Mesmo depois de tanto tempo o olhar dele ainda mexe tanto com ela...
Ele se aproxima
E a cada passo ela pensa:"Nada mudou..."
Senta-se próximo a Clara
"Desculpa", ela diz, com os olhos molhados e azuis como o céu
Ele segura a mão delicada e pequena daquela garotinha
Em nenhum momento tira os olhos dela
E diz:
"Você fez o que achou ser certo. Eu apenas respeitei a sua decisão. Não sofra assim...Voltei, mas nunca deixei de estar com você"
Ela sorri, estreitando ainda mais aqueles pequeninos olhos
Ele a toca, deslizando a mão naquele rosto angelical, e também sorri
Como sentia a sua falta
Falta de tudo que ela traz
Do sentimento
Da paz
De sentir-se vivo
Com ela, ele sabia que podia ser alguém melhor
Com ele, ela sabia que estava completa

4 comentários:

Nina-Khos disse...

oiee!
estou fazendo um sorteio no blog!
adoraria sua participação =D

http://nina-khos.blogspot.com/2011/06/super-sorteio-do-blog-para-comemorar.html

OBRIGADO...BEIJOS

tico litlle disse...

e assim, ela foi!

willa albuquerque disse...

Tem presente no meu blog para você. :)

Fabricante de Sonhos disse...

Que lindooooooo!!!!!

Histórias assim encantam. Amores assim geram esperança... Palavras como as tuas, fazem um carinho na minha alma!

Flor, andas sumida, heim...
Apareça na fábrica. Post mais.

As portas estão abertas!

Um beijo meu...
Milla Borges