sábado, 6 de setembro de 2008

Ônibus 174

Bom, faz alguns dias, na aula de Criminologia da minha faculdade, o nosso professor nos mostrou um vídeo. Era pra gente assistir e depois fazer um comentário, poderia ser apenas um simples vídeo, mas não foi pra mim. Pensei e cheguei a algumas conclusões, que gostaria de dividir com vocês.
As imagens a que assistimos eram sobre o sequestro do ônibus 174 realizado pelo Sandro, que terminou com ele e uma das passageiras do ônibus mortos. Na verdade era um documentário, que mostrava toda a vida dele, como entrou no mundo do crime. Vou tentar fazer um resumo, expondo a minha opinião.
Bom, Sandro, quando criança, presenciou a morte de sua mãe, que foi degolada. Lembro que em uma parte do documentário a tia dele dizia se ele queria ir ao enterro e respondeu se podia ir brincar de bola de gude lá fora. Ele queria continuar como se nada tivesse acontecido, afinal era apenas uma criança e não devia ter presenciado aquela cena horrenda, mas agora já não dava pra voltar atrás, estaria pra sempre marcada em sua memória. Teria que viver com isso!
Depois de um tempo viveu com essa tia(sua única família que restara), mas depois foi morar nas ruas(não lembro o motivo), fez amigos. Mas viu muitos deles serem mortos na sua frente por policiais. Era a Chacina da Candelária! Mais uma vez teve que vê pessoas queridas serem covardemente mortas em sua frente...Não era pra ser assim, ele era apenas uma criança!...Nesse episódio o que me chamou a atenção é que de acordo com alguns sobreviventes, todos estavam dormindo e quando viram um carro se aproximando pensaram que era uma senhora que sempre entregava sopa pra eles e foram se aproximando, foi quando foram recebidos a tiros...Crianças...Crianças que espero que por um momento, imagine que poderiam ser um de seus filhos, pelo menos por um momento, tirem aquela imagem de que andam mal vestidos, sujos...Por traz de tudo isso continuam sendo crianças...Merecem respeito, uma vida digna...MERECEM OPORTUNIDADE!...
Mas é tão fácil andarmos na rua desviando o olhar do que não nos agrada...É tão fácil deixar um grupo de pessoas vivendo a margem da sociedade...É muito cômodo!...Mas caso tenhamos esquecido, são seres humanos, como eu e você...Pode parecer incrível, mas são sim...Não sou hipócrita, ainda não fiz nada por pessoas que sei que precisam de apenas uma chance na vida...Mas digo com todo coração, meu desejo é quando estiver trabalhando, sempre contribuir pra instituições que ajudam essas pessoas...Abrigos, lar de adoção...Qualquer coisa desse tipo... ...Isso é o mínimo que posso fazer...
Bom, mas terminando a história do Sandro, ele começou a roubar vivendo nas ruas, foi preso algumas vezes e internado em uma instituição que deveria reeducar, mas sabemos que não é isso o que ocorre...E depois de um tempo vivendo assim, tornou-se protagonista daquela tragédia do ônibus...Aquele que vivia a margem da sociedade, foi conhecido por todos!...E apesar de tentarmos nos proteger dentro de carros blindados, casas com alarmes e prédios com câmeras...Ali estava o Sandro...É ele exite!...A imagem da falta de oportunidade, do desamparo...Onde está o Estado que deveria oferecer uma vida digna a todos?...o Estado que não ressocializou?...Ali era a imagem do desespero de um homem que sofreu e nunca lhe foi oferecida uma chance de sair daquele meio criminoso...Uma chance de viver!...Não estou justificando o que ele fez, até porque nada justifica...Mas digo que depois daquele documentário passei a entender o que levou aquela explosão de violência... Na verdade era ele gritando: Eu existo, apesar de vocês(nós) não me verem! Ele tinha chegado ao seu limite!...E tudo isso somado a uma polícia despreparada levou aquele fim trágico!...
Por fim, fizemos o nosso trabalho, entregamos ao professor!...Mas pra mim não foi apenas um trabalho!...Pra mim foi algo que me acordou! Numa sociedade cada vez mais capitalista, devemos tentar ser menos egoístas e olhar a nossa volta! Existem pessoas com problemas bem maiores que os nossos, existem pessoas que precisam da nossa ajuda!...Mas são apenas palavras de uma garota que ainda não é nada nessa vida...Apenas desabafos!
------------------------------------------------------------------------------------------------
Desculpe a demora para postar, vai ficar um pouco difícil escrever aqui, porque estou terminando a facul e tenho tcc pra entregar, mas sempre que puder expressarei minhas opiniões e meus sentimentos! Mas antes de me despedir... Gente, é ano de eleição!...Pensem bem antes de votar!...Sei que estamos muito desesperançosos! Mas ainda acredito que o nosso poder está no voto! Vamos votar consciente!
Beijos e até a próxima!

2 comentários:

Dallas Diego disse...

Lembro bem do episodio, naquele momento nao imagino o que passava na cabeça do Sandro, nao imagino o que passa na cabeça das pessoas que cometem atos similares. Será que ele queria mostrar que EXISTE?
A culpa é mesmo do governo, a febem nao serve de nada, é apenas uma escola para o crime, nao adianta ficar detido sem estar trabalhando, aprendendo alguma profissão, para quando sair já estar qualificado.

Bem lembrado o aviso sobre as eleições municipais.

Abraços!!

Sara Albuquerque disse...

=) Querida, só o fato e vc se preocupar em vir aqui demonstrar a sua surpresa diante dos acontecimentos, o seu descontentamento em relação ao Estado e as Instituições responsáveis pela ressocialização (ou pq não dizer socialização?), já é um grande avanço e prova de que vc, quando com disposições suficientes (me refiro ao cargo público que almejas, na área de Direito), não esquecerá esta questão e fará a sua parte, para tentar mudar essa realidade fria, que nos assola.

Abraços.