quinta-feira, 5 de março de 2009

Memória seletiva


A sua voz já não me atormenta mais

E aquela mania incessante de esperar a qualquer momento o telefone tocar e ser você, já não existe

Talvez ao ouvir a sua voz, não a reconheça mais

O tempo está deixando ela esquecida

Seu cheiro antes impreguinado na minha pele, se dissipou com os dias

Seus beijos, antes doces e cheios de vida

Eu não sinto mais

Em meus lábios não se encontra mais o seu gosto

E as lembranças de tudo que vivemos juntos começa a falhar

Talvez seja memória seletiva

Presentes, cartas e fotos estão guardados

Em algum lugar longe da minha visão

Os laços foram cortados por completo

Confesso que ainda dói

Mas não como antes

Não como ontem

Não como amanhã

E ao anoitecer, fechos os olhos para dormir

Algumas lembranças surgem, não posso controlar

Outras eu não consigo mais lembrar

Memória seletiva

Um sorriso surge em meu rosto

Amanhã será um outro dia...





13 comentários:

Fenrir disse...

memórias de um coração partido
boca sedenta de paixão
que acabou sugado ao limite
e agora busca amor onde há amizade
ou as vezes nem busca, prefere
conviver, festejando a vida
com os amigos que ainda
reconheçem sua alma

nem a noite seu coração se fecha
as memórias vem e o coração se corta
a lagrima que corre brilha intensamente
e o fôlego é tomado pelas lembranças
mas amanhã sera um novo dia
e ela será ainda mais mulher
do que ja provou ser!

perfeitos textos Carol
quiz tentar comentar do jeito que vc escreve
seus textos, que são profundamentes
incriveis!

^^

Paulinho Cajé disse...

amanhã é outro dia
é hora dela brilhar
a flor vai se abrir
o dia vai raiar
festejando a vida
que ela não deixa acabar!


HAHAHAHA


Brilha querida, brilha!

Bjãooo!

Sonia Schmorantz disse...

Nada melhor que um dia após o outro para curar as cicatrizes, a cada novo amanhecer o fardo fica menor, até ser somente uma suave lembrança.
beijos

D.Ramírez disse...

Será que nossas células também estão em constantes mudanças? Acredito que sim, porque mudamos gostos, até o modo de gostar. Incrivel isso. Conhecemos, apaixonamos, vivemos momentos unicos e intensos, felizes, de repente, não sentimos mais..
Ai vem aquele lance do amar..pare pra pensar. Voc~e ama seus pais simplesmente por amar..é amaor diferente, seria esse mesmo sentimento de amor por outra pessoa? Se for, aquilo que sentimos ao ter terminado era apenas células..nao amor.
Prá se pensar..

Besos

manzas disse...

Sublimes versos escapam das almas dos poetas
Viajando até ao fundo dos céus como balões …
Suspensos ficam no tecto brilhando poesias inquietas
Reflectindo olhos orvalhados em prados de emoções

Dedicado a todos
Os poetas e poetisas
Deste mundo,
Os que já adormeceram,
E aos outros
Que ainda nem sono têm...

Bem hajam!

Um resto de uma boa semana...

O eterno abraço…

-MANZAS-

Suelyn Morais disse...

Saudade é a sombra negra de um passado cor de Rosa!!

BeijoooO

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Na margem do mundo
além dos meus olhos,
Belo,
Sei que o exílio será sempre
verdejante de esperança,
O rio,
Que não podemos atravessar
corre eternamente.
(Samuel Menashe)

Tenha um lindo final de semana cheio de amor e paz no coração
Abraços: Eduardo Poisl

Dallas Diego disse...

Olá Flor, tem um selinho pra ti lá no Escritos!!

Bjux!!

willa Albuquerque disse...

Machuvou o coração, mas vocÊ sabe que é passado!

Beijos!
:}

Sara Albuquerque disse...

Que desabafo!

Selinho pra vc! :)

Igor Euclides. disse...

Oi, adorei seu blog, já tinham me falado sobre ele, mas conheci agora, linkei el no meu, abraços fortes.

Igor Euclides. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mayana Carvalho.♥ disse...

..e que a minha memória se torne seletiva..

Amei♥
Beijos