segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Aquele que ela tanto precisa

O tilintar da chuva na janela acordou Clara
Estava mais frio que o normal naquele dia, mesmo ainda sendo verão
Ela se espreguiçou e resolveu que era hora de acordar
Enfrentou um banho gelado
Seu chuveiro elétrico ainda não tinha sido consertado
Ainda de toalha se olhou no espelho
Seus cabelos negros, ainda pingando pequenas gotas de água no chão, pendiam até o meio das suas costas
Sua pele branca com hematomas no braço de tempos que ela deseja esquecer
E os olhos azuis como o mar
Ultimamente Clara se achava bonita
Alguém era responsável por essa mudança
Saindo do banheiro, foi direto ao seu guarda roupa
Resolveu pegar uma calça jeans e uma blusa de manga comprida
O tempo pedia algo assim
Para realçar seus lábios vermelhos, passou um brilho labial
Sorriu diante do espelho
Feliz com a nova garota que começava a surgir
Resolveu não tomar café
Sempre acordava sem fome
E como sua mãe não estava em casa não iria reclamar
A campainha tocou
"É ele!", pensou
Do outro lado da porta estava a razão de tanta mudança
Com os cabelos escuros e um pouco desarrumado e vestindo camisa preta com a estampa da sua banda favorita de rock, calça da mesma cor e tênis surrado, além de uma mochila
Estava Nando
Um garoto da mesma idade que a Clara
Só alguns centímetros mais alto
Com a pele clara, mas não tão pálida quanto ela
Depois que Nando passou de amigo para namorado, Clara tem o achado cada dia mais bonito
Talvez por agora olhar ele de outra forma
Ou porque ele resolveu deixar o cabelo crescer a pedido dela
Nando abre um lindo sorriso assim que a vê
Claro o abraça
E pingos de água caem do cabelo dele em seu rosto
Ela se afasta bruscamente e diz:
"Amor, desculpa...Vem, entre logo, vou pegar uma toalha!"
Ele continua parado no mesmo lugar e segurando a mão dela a puxa pra mais perto:
"Espera!"
Ele diz
Com as mãos envolta de sua cintura ele a beija
Um beijo delicado mas ao mesmo tempo urgente
Um beijo de paixão
Um beijo de amor
Quando se afastam, ele diz:
" Você não imagina o quanto gosto de você! Ah e também dessas bochechas rosadas!"
Ele sorri e desliza a mão no seu rosto rosado
Clara o puxa para dentro
"Como é bom tê-lo aqui!"
Pensa enquanto fecha a porta.
---------------------------------------------------------------------------------------------
Obs: mais uma vez obrigada pelos comentários e bom, graças a Deus, passei na prova da OAB!
Estou aliviada e muito feliz! Obrigada a todos que torceram por mim!

Beijos e até o próximo post! ^ ^

=**

4 comentários:

Eloisa disse...

Passou na prova da OAB? Meus parabéns!

Lua disse...

tao doce a historia..
e parabens garota por ter passado na prova!

beijos1

/carla disse...

adorei o post!
e parabéns :D

Eu, Thiago Assis disse...

Clara parece bonita =]