quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

A garota do sorriso tímido


"Agonia

Insônia

Medo

Tristeza

Desespero

Sofrimento

E a melodia triste daquela música alivia a alma da garota do sorriso tímido

Solitária, ela deita em sua cama e tem sonhos coloridos

Diferentes da sua vida preto e branca!"

9 comentários:

Eloisa disse...

Me identifiquei. Ela deita na cama e tem sonhos coloridos, puro Sol. Nada de chuva, nada de preto e branco da vida real.

Um beijo.

Keel Diniz disse...

Eu sou ela!

=D

Fenrir disse...

sonhos são feitos por pessoas

por isso que gosto da noite
por isso que gosto da lua

ela ve a vida diferente quando se desliga do mundo real

quando tdo ao seu redor fica a seu favor, ou seja, quando ela esta sonhando

que ela sempre sonhe, e tenha sempre esse sorriso timido
mesmo que os dias sejam dificeis
e mesmo que tenha dias que ela desejaria morrer

ela ainda tem o poder de sonhar
e enquanto sonhar
ela vai viver
e a cada acordar
quero que ela levante, respire fundo e acredite

seja ela mesma
seja melhor do que qualquer um
seja a garota exemplo
seja a mulher de pouca idade
seja a criança que corre por diversão

seja a garota de sorriso timido!


bjão flor, saudades de passar por aqui, mas agora voltei e espero vir mais vezes

^^

bjin e boa semana

=*

Fran disse...

Vida preto e branco? Isso não pode flor!

Beeijos!

Isabelle disse...

E eu precisando de cor na minha...
Seus textos sao tao singelos um pouco de dore assim perfeitinhos.
Bjinhus

Dallas Diego disse...

Acabei de jogar litros e litros de tinta sobre minha alma...Agora só falta o Sol aparecer para acabar de secar, infelizmente algumas nuvens insistem em atarapalhar com seus tons em griz. O preto e branco faz parte da vida de todos!!


Bjoo!

Eu, Thiago Assis disse...

poema típico daqueles construídos na madrugada, acertei?

Lua disse...

Então faça dos sonhos, a realidade!

EDUARDO POISL disse...

"No fim tu hás de ver que as coisas
mais leves são as únicas que o vento
não conseguiu levar:
um estribilho antigo,
um carinho no momento preciso,
o folhear de um livro de poemas,
o cheiro que tinha um dia
o próprio vento"

(Mário Quintana)


Desejo um lindo dimingo com muito amor, paz e carinho.
Abraços com todo meu carinho.